Controle de estoque: 5 dicas para não errar!

Controle de estoque: 5 dicas para não errar!

Todo empreendedor que deseja manter seu negócio à frente da concorrência e se destacar no mercado não deve apenas gerenciá-lo corretamente e prestar um atendimento de qualidade aos clientes, mas também organizar e controlar o estoque.

Garantir que sempre existam produtos disponíveis para os clientes, mas, ao mesmo tempo, não deixar itens estocados em demasia, carece de certos cuidados e muita atenção.

Caso esteja enfrentando dificuldades no controle de estoque ou tenha dúvidas de como gerenciar a cadeia de suprimentos do seu negócio, este post é exatamente para você!

Confira a seguir 5 dicas para não errar no gerenciamento do estoque e garanta que seu negócio mantenha sempre as quantidades certas armazenadas!

1. Registre todos os produtos

Antes de iniciar qualquer controle de estoque, os empreendedores precisam conhecer exatamente quais são os itens existentes e comercializados em seu negócio. Por isso, é necessário realizar um levantamento de todos os produtos e posteriormente o cadastro de cada um deles.

O registro dos itens pode ser feito em uma planilha de gerenciamento de estoque ou em um sistema de gestão. Além disso, é fundamental que os empreendedores saibam que, para controlar o estoque, é preciso conhecê-lo.

2. Dimensione o espaço físico

Depois de conhecidos e registrados quais são os itens que devem ser armazenados na empresa, é necessário dimensionar o espaço físico do estoque. A definição correta do estoque será essencial para seu controle e armazenamento dos itens.

Deve-se ter muita atenção e cautela nessa hora, visto que o dimensionamento incorreto do estoque pode prejudicar a operação do negócio. Caso seja superdimensionado, isso pode aumentar consideravelmente os custos.

3. Separe os produtos no estoque

Com o espaço físico do estoque dimensionado, é preciso separar os itens e definir os locais certos de armazenamento. O controle do estoque só pode ser feito se os produtos forem devidamente separados e os locais certos delimitados para que sejam estocados.

A correta separação dos produtos no estoque, além de ser fundamental para o controle, ajuda também em casos de auditorias e levantamentos físicos.

4. Desenvolva processos internos

Para manter o estoque organizado e garantir o controle sobre os itens armazenados, é preciso definir todos os fluxos de movimentação e como o setor de suprimentos deve trabalhar. Desta forma, é imprescindível que os empreendedores criem processos de recebimento dos produtos, inspeção, controle e reposição.

Ao desenvolver o fluxo das tarefas e descrever a forma como cada uma delas deve ser executada, os empreendedores eliminam as chances de erros e aumentam o controle do estoque do negócio.

5. Faça uma previsão da demanda

Por último, para ter total controle sobre o estoque e garantir que não faltem produtos para os clientes, os empresários precisam fazer uma previsão da demanda. É fundamental planejar para atender as oscilações na demanda e, principalmente, preparar-se para datas comemorativas e ocasiões de elevada procura.

A previsão da demanda deve ser feita por meio de uma pesquisa de mercado e dados de meses e anos anteriores. Dessa forma, é possível dimensionar e controlar o estoque, garantindo que sempre existam itens disponíveis para os clientes.

Agora que você já sabe como fazer o controle de estoque da sua empresa, não deixe de seguir as nossas redes sociais — Facebook, Twitter, Google+, LinkedIn, YouTube e Flickr — e fique por dentro das melhores dicas para o seu negócio!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também