Ideia para negócios: já pensou em investir em moda infantil?

Ideia para negócios: já pensou em investir em moda infantil?

O segmento de moda infantil pode ser uma ideia para negócios muito interessante se você deseja entrar no mercado da moda. Trata-se de um ramo dinâmico, de vendas constantes e de demanda alta. Os pais das crianças estão sempre renovando seu guarda-roupas, já que os pequenos crescem rapidamente.

A moda infantil vem ganhando espaço no mercado e pode ser um investimento vantajoso para empreendedores. Em 2016, o setor infantil teve aumento no faturamento em 4,9% em relação ao ano anterior, com crescimento médio de 6% ao ano. A tendência para o futuro é que esses números aumentem, inclusive as grifes internacionais já abriram espaço para o setor.

Já pensou em investir em moda infantil? Entenda mais e veja como isso pode ser uma boa ideia de investimento.

As crianças possuem influência de compra

Foi-se o tempo em que as crianças não opinavam sobre o que vestir. Hoje, elas têm uma forte influência na decisão de compra. São elas quem escolhem as próprias roupas, tanto na hora de vestir quanto na hora de comprar.

Com crianças exigentes e mais cheias de personalidade, é válido investir em diversos artigos de vestuário — com cores, estampas e personagens que os agradem.

Eles também estão de olho nas tendências da moda. As versões em “miniatura” dos modelos usados pelas mães e pais, devidamente adaptados para o universo infantil, tomam conta das vitrines, deixando as crianças com cada vez mais estilo.

Os cuidados gerais antes de iniciar o negócio

Esse mercado tão atraente também é bastante concorrido. Por isso, antes de alcançar o varejo e investir na moda infantil, é conveniente estar atento a alguns cuidados gerais para que seu investimento seja seguro:

Sua localização

A localização do estabelecimento é um aspecto importante. O mais indicado é aproveitar locais em que circulam muitas pessoas e, neste caso em especial, aqueles lugares onde os pequenos costumam frequentar.

Desta forma, os centros comerciais são bastante relevantes, apesar de o custo ser mais caro. A grande vantagem dos grandes centros é o fluxo de pessoas mais intenso, o que garante boa visibilidade para o seu negócio.

Sua estrutura

Para o segmento infantil, as lojas não precisam de muito espaço. A estrutura mínima de 30 m² pode acomodar muito bem as instalações da loja.

Com um espaço menor, seu investimento também será. E, para o atendimento, será necessário somente um vendedor e um atendente para o caixa.

O ambiente

Lembrando que as crianças visitarão sua loja, pense em um ambiente que as atraia de verdade. Um cenário temático, cores alegres, boa iluminação e elementos decorativos podem criar um espaço divertido onde as crianças gostem de estar e de permanecer, enquanto escolhem suas roupas.

A expectativa do público deve ser atendida desde a vitrine — que, não sendo diferente para os adultos, é o cartão de visitas da sua loja.

O diferencial competitivo

Ofereça sempre a melhor experiência para o cliente e trabalhe com o inesperado. Você poderá refinar os materiais de fabricação dos produtos, fazer escolhas sustentáveis, manter espaços de socialização para os pequenos dentro da loja.

E, é claro, um atendimento personalizado fará ainda mais a diferença. Preze pela qualidade do que apresenta, já que a escolha pode ser das crianças. Mas a decisão final é sempre dos pais.

As questões legais de publicidade e comunicação

É preciso ter atenção à publicidade voltada para o público infantil. Ela pode disseminar valores consumistas em excesso e, por isso, precisa ser bastante regularizada.

As crianças ainda estão em formação e desenvolvimento psíquico. É conveniente mais cautela quanto ao uso indiscriminado do merchandising. A ânsia de aumentar suas vendas não deve permitir desconsiderar os eventuais efeitos negativos das mensagens dirigidas às crianças.

Esteja atento e bem orientado quanto às regulamentações fixadas na Constituição Federal, no Código do Consumidor e pelos órgãos afins ao setor.

Seguindo as dicas e cuidados devidos, seu investimento em moda infantil pode mesmo ser uma ótima ideia para os negócios. Se você deseja saber mais, assine a nossa newsletter!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também