5 segredos para o bom relacionamento entre sócios

5 segredos para o bom relacionamento entre sócios

Administrar um negócio sozinho, em muitos momentos, é uma tarefa complicada. Por isso, a ideia de entrar em uma sociedade parece mais atrativa para muita gente. Ter sócios ao seu lado pode dar uma nova perspectiva sobre o negócio, acrescentar ideias e trazer mais resultados.

Para atingir um objetivo em comum, todos os envolvidos devem trabalhar juntos e oferecer o que têm de melhor para o empreendimento. Porém, cada pessoa tem suas vivências e pensa de uma forma diferente, o que pode causar atritos e colocar a sociedade em risco.

A seguir, você vai conhecer 5 segredos para o bom relacionamento entre sócios que vão contribuir para o sucesso do seu negócio. Confira!

1. Dividir igualmente o volume de trabalho

Um dos pontos que causa desavenças entre sócios é o volume de trabalho administrado por cada um. Cada colaborador deve trabalhar igualmente e ter suas funções bem definidas dentro do negócio.

Se um sócio acumula funções e trabalha mais do que os outros, ele pode se sentir sobrecarregado e até mesmo não conseguir cumprir prazos. Já se um dos sócios trabalha menos do que os outros, ele não tem crescimento profissional e logo se desmotiva, além de incomodar os companheiros.

Por isso, é essencial que os sócios conversem sobre a divisão igualitária de tarefas antes de qualquer coisa e que tenham um volume proporcional de trabalho.

2. Cumprir com as responsabilidades

Com as tarefas divididas, é importante que cada sócio tenha noção de suas responsabilidades para cumpri-las. Imagine se um deles fica responsável por pagar as contas do espaço em que a equipe trabalha, mas se esquece da função. Será um dia perdido de trabalho e ainda será necessário acertar as contas — muitas vezes, com uma taxa.

O mesmo acontece se uma reunião for marcada e um dos sócios se esquece de comparecer e deixa o cliente esperando. Isso pode manchar a imagem da empresa e dificultar novos negócios. Esses são contratempos que podem — e devem! — ser evitados para manter o bom relacionamento entre os sócios. Portanto, se você tiver uma responsabilidade, anote e cumpra dentro do prazo.

3. Investir a mesma quantia no negócio

A quantia investida no negócio é o que vai permitir seu funcionamento, logo, deve ser um valor que corresponda às expectativas da sociedade. Nos primeiros meses, a sociedade terá que bancar as contas da empresa até que o lucro possa cobrir os gastos.

Para não haver conflitos, é essencial que os gastos sejam divididos igualmente entre os participantes. Se um paga a maior parte, os outros podem se sentir diminuídos, então o melhor é evitar a sensação de desvantagem e equilibrar os investimentos.

4. Saber ouvir a opinião dos sócios

Cada parte envolvida no empreendimento tem algo a oferecer para o negócio e, por esse motivo, é importante que todas as opiniões sejam ouvidas na hora de tomar uma decisão, por exemplo.

Em uma sociedade, não se pode ter a própria opinião como a única correta ou a ser considerada. Saber ouvir seus parceiros e tirar proveito das ideias é algo que vai beneficiar a empresa como um todo.

Por isso, não ignore o que os demais pensam e sempre pergunte o que eles acham do assunto em discussão. E o mais importante: não tome decisões de maneira isolada, pois a empresa não pertence somente a você.

5. Investir na comunicação no relacionamento entre sócios

É normal que aconteçam atritos entre os sócios devido a decisões ou opiniões diferentes. Para manter o bom relacionamento, portanto, é essencial investir na comunicação.

Quando acontecer um conflito, não ignore a situação. Procure conversar honestamente e sem acusações. Mostre o seu lado e tente achar uma solução. Muitas vezes, o conflito pode não ser resolvido na hora, mas apenas abrir um canal de comunicação já ajuda bastante o relacionamento.

O sucesso de uma empresa depende das pessoas envolvidas em sua administração. Quando se investe no bom relacionamento entre sócios, colocando em prática técnicas de comunicação e parceria, o negócio só tem a crescer.

E aí? Restou alguma outra dúvida para garantir um bom relacionamento? Conte pra gente nos comentários!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também