Gestão de custos: evite 4 erros que podem prejudicar a sua loja

Gestão de custos: evite 4 erros que podem prejudicar a sua loja

“O olho do dono é que engorda o gado”, já diz o provérbio português. Esta é a premissa básica de qualquer empreendedor em relação aos seus negócios — é preciso acompanhar de perto todas as suas operações para não cair nas armadilhas de uma má gestão. E quanto mais eficiente for o trabalho, maiores serão as chances da tão almejada “vantagem competitiva”.

A gestão de custos é um dos itens de maior prioridade dentro de uma empresa, o que proporciona ao empreendedor saber exatamente o que foi investido na produção e na comercialização de produtos/serviços e o que foi gasto até o preço final.

Em uma gestão ineficiente, os preços estipulados podem não condizer com a realidade da empresa, do mercado e do que o cliente está disposto a pagar — o que acaba prejudicando as margens de lucro, o volume de vendas e a sobrevivência da empresa.

Para que isto não aconteça, levantamos os principais erros de gestão de custos que podem prejudicar a sua loja. Fique de olho!

1. Não controlar o estoque

Estoque parado, dinheiro parado. Imagine ter vários clientes procurando um determinado produto e não tê-lo em estoque. Agora pense ao contrário: ter itens sobrando e abarrotar o estoque de mercadorias que não têm demanda.

Uma gestão ineficiente de estoque pode prejudicar as vendas, gerar perdas e desperdícios e impactar diretamente em custos maiores — seja com armazenagem, mão de obra, custos dos produtos, entre outros.

É preciso manter um controle efetivo e realizar um inventário periódico de todos os itens em estoque, assim, é possível verificar se os itens disponíveis são suficientes para evitar a falta de produtos ou se está excedendo a capacidade necessária.

2. Não saber se a empresa está tendo lucro ou prejuízo

Afinal, a empresa está tendo lucro ou prejuízo? Pode parecer estranho, mas muitos empreendedores não acompanham as contas do próprio negócio e acabam tomando muitas decisões “às cegas” — o que não gera qualquer margem de confiança quanto à saúde financeira da empresa.

Além disso, muitos gestores consideram o fluxo de caixa como indicador da lucratividade da empresa, o que é um grande equívoco! O fluxo de caixa indica a situação financeira do negócio, mostrando ao empresário quais foram as receitas e as despesas ocorridas em um determinado período, porém, não esclarece se a empresa teve lucro ou não.

O empreendedor precisa saber analisar os relatórios contábeis para entender os resultados do período e isso ajuda a identificar falhas e erros na gestão das finanças do negócio, que podem estar atreladas a uma incorreta precificação e nos custos e despesas fixas e variáveis.

Saber se a empresa está tendo lucro ou prejuízo leva o gestor a aplicar esforços na melhoria do negócio, medir o desempenho da equipe, obter indicadores — como margem de contribuição, lucratividade e ponto de equilíbrio — e assim aplicar ações que possam ser adotadas em caso de prejuízo.

3. Não realizar a precificação corretamente

A precificação é um ponto de extrema importância na gestão de custos. Ou seja, quando o gestor aplica um determinado preço que está abaixo do ideal, além de comprometer a margem de lucro, ele está correndo o risco de não gerar receita suficiente para cobrir seus gastos operacionais. Isso, consequentemente, leva ao prejuízo.

É preciso que todos os custos sejam identificados e aplicados ao produto, ao mesmo tempo em que é importante acompanhar o preço praticado no mercado e o que o cliente está disposto a pagar, o que possibilita uma precificação correta e justa.

4. Não automatizar os processos

Uma das principais vantagens ao automatizar é a redução de custos. Isso porque os processos deixam de acontecer de forma manual e passam a ocorrer de forma automática, consumindo menos tempo, aumentando a produtividade e requerendo menos recursos materiais e financeiros.

A automatização não garante apenas que os processos sejam realizados mais rapidamente, mas que o gestor possa evitar (eliminar) erros e falhas operacionais que levam a retrabalhos e atrasos de entrega. Além disso, é possível realizar as análises com maior rapidez e de forma mais eficiente.

Que tal curtir nossa página no Facebook e receber todas as nossas novidades? Corre lá e curta agora!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também