Como encontrar um sócio para meu negócio e evitar futuros problemas?

Como encontrar um sócio para meu negócio e evitar futuros problemas?

Quando se inicia um empreendimento solo, muitos empresários se ressentem de não poder tomar decisões em diálogo com pessoas que possam encontrar saídas para os rumos da empresa. Daí, pensa-se em como encontrar um sócio.

Afinal, trata-se de uma pessoa para dividir angústias, inseguranças e acrescentar novos rumos e resultados ao empreendimento. Contudo, sabemos que tal escolha não é fácil e é necessário avaliar muitos quesitos antes que essa parceria se torne mais incômoda que vantajosa.

Aliás, para quem está começando agora a empreender, um sócio, logo de início, ajuda muito no percurso do planejamento e tomada de decisões iniciais, que são muitas. O ponto em que muitos empreendedores erram é no de escolher um sócio apenas pela familiaridade ou pela amizade, sem se atentar para questões que realmente podem evitar futuros problemas!

Confira algumas características que seu futuro sócio deve ter para que você não erre nessa escolha.

1. Ser alguém para complementar

A partir do momento que você quiser encontrar um sócio, sempre busque alguém que complemente suas qualidades, visão e objetivos de negócios.

Isso quer dizer que, se você for alguém muito objetivo e cabeça dura, uma pessoa mais calma, menos ansiosa e otimista pode ser muito útil na relação de negócios, seja para decidir ou atrair mais clientes.

O mesmo vale para habilidades para as quais você não tem aptidão. Um sócio deve ser uma pessoa que apresente capacidades que irão trazer vantagens para o empreendimento.

2. Ser confiável

Confiar em um indivíduo é uma das tarefas mais difíceis, porque você espera que seja algo mútuo. Em uma relação entre sócios, é necessário ter confiança para que a o negócio possa prosseguir quando acontece uma ausência ou quando uma decisão necessita ser tomada imediatamente.

Quanto mais confiança, mais a relação estará harmônica e não comprometerá os resultados.

3. Gostar da área do negócio

Talvez essa seja uma das particularidades mais importantes na hora de encontrar um sócio. Ele deve ser alguém com quem se tenha afinidade, que goste e sinta paixão pelo segmento de mercado.

Se não for dessa forma, o risco de haver desavenças por falta de compatibilidade é muito maior, já que você pode acreditar fielmente em uma ideia e ele não. Já pensou que diálogo difícil?

Junto com o sócio você monta um plano de negócios eficiente e compatível com o projeto.

4. Ter conhecimento na área

Não é um dos tópicos principais, entretanto, é importante que o sócio tenha conhecimento ou um histórico profissional de experiências no ramo ou na parte administrativa, por exemplo. Isso não só lhe dará maior segurança, como também oferecerá margem para analisar a experiência do indivíduo.

É recomendado você trabalhar com o sócio por alguns dias a fim de observar o entrosamento, a experiência e a metodologia com a qual ele está acostumado. Dessa forma, você conseguirá ter a noção clara se é válido dar uma chance ou se existe dificuldade de sintonia entre os futuros parceiros de negócios.

5. Ser aberto ao compartilhamento

O que queremos dizer com compartilhar? Você só conhece com quem está trabalhando quando se sentam juntos para definir propostas ou até desenvolver um projeto como piloto para observar o que dá certo e o que dá errado.

Se vocês são amigos de longa data ou têm muita afinidade, é recomendado separar o profissional do pessoal para que não haja intrigas. Compartilhar experiências é uma ótima forma de conhecer o outro e se identificar com erros e acertos.

Talvez agora o caminho de como encontrar um sócio se torne mais fácil, não acha? Curta a nossa página no Facebook!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também