5 dicas essenciais pra quem quer investir no mercado de vestuário

5 dicas essenciais pra quem quer investir no mercado de vestuário

Os últimos dez anos têm sido de crescimento no varejo de moda. Desde 2005, esse seguimento do mercado tem se fortalecido de tal maneira que o Brasil subiu duas posições no ranking e hoje se encontre como o quinto maior consumidor mundial de roupas. Mas investir no mercado de vestuário vai além de vontade e determinação, é preciso estar atento a diversos pontos. Acompanhe as 5 dicas que separamos para você e que, com certeza, farão toda diferença!

1 – Preze pela originalidade

Com o crescimento consistente do e-commerce, a variedade de opções no mercado é grande, portanto, originalidade e criatividade são fundamentais para se destacar e atingir o sucesso. Opções de roupas é possível encontrar em todos os lugares, mas o consumidor tem estado cada vez mais exigente e à procura de peças que tenham personalidade própria. Estar atenta às ultimas tendência é importantíssimo, mas copiar outros empreendimentos definitivamente não é a saída mais fácil ou adequada.

2 – Tenha foco

Para quem você quer vender? Qual nicho do mercado você quer atingir? Ter uma coleção consistente é uma coisa, atirar para todos os lados é outra completamente diferente. É importante ter um foco, conhecer mais a fundo qual clientela você pretende ter, com qual público irá se comunicar e quais tipos de peças serão confeccionadas para atingir esses objetivos. Pesquise, leia e conheça o solo que você pretende pisar. É indispensável oferecer muitas opções, mas tenha consciência para quem irá ser ofertado.

3 – Esteja preparado para sazonalidade

A partir do momento em que um empreendedor decide investir no mercado de vestuário, abrir o seu próprio negócio e começar a planejá-lo, ele se vê diante de vários pontos: qual o mercado que deseja ingressar, concorrência, clientela que deverá focar, dentre outros questionamentos. Mas um item fundamental nem sempre recebe a atenção que merece. Existem produtos que são feitos exclusivamente para uma temporada ou estação, seja verão ou inverno, carnaval ou natal. Estar consciente e preparado para essa mudança, que poderá ocorrer com mais frequência que o esperado, é o que vai definir se você manterá ou não o sucesso e, consequentemente, o lucro.

4 – Conheça o mercado que você pretende se inserir

Você conhece o mercado de vestuários? Por mais ideias e força de vontade que você tenha, é essencial que você tenha conhecimento do ramo que está se inserindo. Não é raro nos depararmos com lojas que fecham pouco tempo depois de terem sido abertas, mas nem sempre o problema está no nicho investido. Antes de dedicar seu tempo e seu dinheiro, vá às pesquisas, se informe, conheça e saiba bem por onde e como começar.

5 – Tenha bons contatos

É importante você ter a consciência de que nenhuma empresa sobrevive isolada por muito tempo. Desde amigos, até fornecedores, é importante se cercar de pessoas e parceiros que vão te ajudar a crescer, estabilizar e se consolidar no mercado de vestuário. Sempre tenha onde comprar os melhores tecido para confeccionar suas peças, por exemplo. Garantir que você terá acesso ao melhor material é fundamental para não ter que se sujeitar a algo de qualidade inferior para não interromper sua linha de produção.

Agora cabe a você avaliar os pontos, pesquisar e se informar ainda mais. Investir no mercado de vestuário é uma boa chance de complementar a renda da família, basta ter foco, organização e planejamento. Agora deixe seu comentário em nosso post, aproveite esse nosso espaço para trocar ideias e dicas. O mercado está crescendo e você pode ser o próximo a abocanhar uma fatia dele!

 

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também