Empreendedorismo: 6 dicas fundamentais para quem está começando

Empreendedorismo: 6 dicas fundamentais para quem está começando

O empreendedor é, muitas vezes, comparado a alguém que se joga de um precipício e monta o paraquedas pela primeira vez no meio do caminho. E, por conta disso, é preciso muito planejamento antes do salto para minimizar e calcular os riscos.

Tirar uma ideia do papel e investir no seu próprio negócio pode parecer uma tarefa quase impossível em um primeiro momento. Porém, seguindo algumas dicas, essa missão pode ser menos complicada do que parece.

Veja abaixo nossas dicas de empreendedorismo e saiba como dar os primeiros passos rumo à sua independência financeira agora mesmo!

1. Escreva suas ideias e dicas de empreendedorismo

Não adianta fazer brainstorm (técnica pela qual as pessoas envolvidas em determinado projeto se juntam e debatem ideias) sem escrever tudo que surgir durante a conversa. Antes de tirar uma ideia do papel, é preciso colocá-la lá, por isso escreva tudo que vier a mente sobre os possíveis produtos ou serviços que deseja oferecer.

2. Conheça e analise o mercado

Depois de definir qual será o foco do seu negócio, você deve começar a pensar em quem será o seu cliente. Nesse momento, também é importante mapear os concorrentes e começar a estipular preços para seus serviços de acordo com essa análise.

Um bom preço não deve estar muito distante (nem para cima, nem para baixo) dos praticados pela concorrência e deve condizer com o perfil econômico do seu público-alvo. Outro ponto de destaque nesse momento é identificar a quantia de investimento necessária para realizar o projeto.

3. Faça um plano de negócios

Um plano de negócios é o documento que orientará todo o processo de abertura da empresa. Nele, constará uma projeção do negócio num período futuro de 3 a 5 anos, indicando os caminhos que deverá percorrer para alcançar os objetivos esperados — o Sebrae oferece um bom modelo de plano, além de um manual de como fazê-lo.

4. Mantenha tudo em ordem

O plano de negócios provavelmente tomará alguns dias ou mesmo semanas de dedicação para ser finalizado. Porém, estabelecer a base da empresa é algo que pode ser feito em algumas horas. O mais importante aqui é definir onde ela ficará sediada e quais os requisitos para isso. Saber o que é preciso fazer antes do funcionamento e se será preciso obter licenças também é fundamental logo no início.

5. Observe a lei

Para dar o primeiro passo com convicção e evitar futuras dores de cabeça, é preciso começar certo e observar a classificação ideal para o negócio e dentro da lei.

No Brasil, é possível abrir uma empresa como MEI (Microempreendedor Individual), Eireli (empresa individual de responsabilidade limitada), microempresa, empresa de pequeno porte, entre outras classificações menos comuns. Cada uma terá suas características próprias e servirá para um caso. Por isso, é importante consultar um contador que te ajudará com a análise da sua situação, indicando a melhor opção.

6. Ganhe tração

Pode parecer loucura, mas procurar clientes antes mesmo do negócio estar rodando é uma boa forma de fazer as vendas deslanchares assim que você abrir as portas. Busque criar um buzz junto ao seu público sobre o lançamento da sua marca e dos seus produtos. Ao se preocupar em oferecer a melhor experiência para seus clientes, fazer com que retornem e, mais do que isso, tragam mais clientes com eles será algo natural.

Gostou das nossas dicas de empreendedorismo e está pronto para abrir seu próprio negócio? Comente abaixo e nos conte um pouco de como está sendo essa experiência!

 

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também