Você conhece a diferença entre Shopping, Mall e Strip Mall?

Você conhece a diferença entre Shopping, Mall e Strip Mall?

Diante da diversidade atual de tipos de espaços comerciais, é importante saber a diferença entre shoppings, malls e strip malls. No entanto, também é interessante entender que esses espaços não são considerados concorrentes ferrenhos. Nas cidades, costumam coexistir, sem grandes problemas, inclusive atendendo ao mesmo público, para funções e situações diferentes.

Em que momentos as pessoas recorrem a um ou a outro desses centros de compras? Vamos ver algumas diferenças? Confira:

O que é shopping?

Há divergência sobre qual foi o primeiro shopping brasileiro: o Iguatemi, em São Paulo, ou o Méier, no Rio de Janeiro. O certo é que ambos foram instalados em meados da década de 1960. No Brasil, temos um problema de tradução que torna as coisas mais imprecisas. A palavra “shopping” vem do inglês, mas o tipo de empreendimento, fora do país, chama-se “mall”. Portanto, pode ser que o significado de ambos se confundam.

Segundo as nossas regras, um shopping, para ser o que é, precisa ter uma “área bruta locável” grande, acima de 25 mil metros quadrados. Geralmente, há espaços diferenciados conforme o segmento das lojas ocupantes, a administração é central, e costuma ser feita por grandes grupos empreendedores.

Há aspectos arquitetônicos e urbanísticos que devem ser levados em conta, tais como, além do tamanho da edificação e da quantidade de lojas e locações, o estacionamento (geralmente fechado e coberto), a atmosfera única, ações de marketing unificadas e a relação com o transporte público da cidade. Um shopping costuma alterar a paisagem e as relações de consumo em uma cidade.

O que é um mall?

A confusão entre “mall” e “shopping”, em português, leva a acreditar que seja apenas uma questão de nome mesmo. Os malls costumam se comportar como shoppings, no Brasil. Em alguns casos, um pouco menores do que shoppings ou mesmo sem lojas âncoras, aquele tipo de loja maior do que as demais e que costuma atrair um número maior de pessoas. No mais, costumam oferecer serviços e localizações parecidos, assim como seu modo de operação unificado.

O que é um Strip Mall?

Os strip malls são empreendimentos que vêm crescendo muito no Brasil, especialmente em grandes cidades ou em cidades que não comportam um shopping. O nome quer dizer “shopping em tiras”, já que, geralmente, são projetados em espaços abertos, com estacionamentos sem cobertura e lojas menores. Costumam estar localizados em bairros e em espaços de circulação mais regional, o que traz diferenças em relação ao acesso, ao transporte público e à relação entre consumidores e lojistas.

É bem comum que os strip malls sejam administrados de maneira menos unificada, com ações menos homogêneas. Também é comum que o mix de produtos e lojas oferecido seja temático: alimentos, beleza, roupas, etc. Alguns strip malls congregam salões de beleza, boutiques, docerias, lanchonetes e uma série de lojas e serviços que são consumidos de maneira diferente pelo consumidor, que não pode ou não deseja ir até um shopping que esteja longe da sua região. O tempo e o modo de consumo são outros, ou seja, o strip mall é mais rápido, inclusive para se chegar e sair.

Enfim, há diferenças arquitetônicas, administrativas, de marketing e de práticas de consumo entre shoppings – ou malls – e strip malls. É fundamental que o empreendedor interessado em oferecer produtos e serviços em algum desses espaços tenha a noção de suas necessidades e possibilidades, custos, área, tipo de administração, comportamento do consumidor, etc.

Dúvidas e comentários sobre o assunto? Compartilhe com a gente!

 

 

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também